De modo geral, escalabilidade é o termo usado para designar algo que tem a capacidade de expandir seu tamanho, de forma uniforme, sem perder qualidade ou nível de desempenho.

Aplicando o conceito ao cloud computing é quando há flexibilidade na infraestrutura do servidor para aumentar a quantidade de dados e aplicações em nuvem, de forma automática, sem que os outros arquivos sejam prejudicados.

Para entender mais sobre o assunto e conhecer as vantagens do cloud computing em relação à escalabilidade de banco de dados, continue a leitura do artigo.

8 benefícios do cloud computing para a escalabilidade de banco de dados

1. Redução de investimentos

O primeiro benefício ao optar por um sistema escalável é evitar gastos desnecessários, pois o serviço possibilita que as empresas paguem apenas por aquilo que consumirem e que os recursos sejam otimizados somente quando existir necessidade.

Além disso, a empresa pode calcular com facilidade seus custos, já que a maior parte dos fornecedores cobram mensalidades fixas pelo provedor do serviço.

Outro ponto é que a migração dos arquivos é realizada no ambiente online, o que reduz investimentos com infraestrutura, equipamentos, equipe de colaboradores e tempo de espera para conclusão da tarefa.

2. Elasticidade

Uma palavra diretamente ligada a escalabilidade é a elasticidade, que, como podemos supor, define a capacidade do armazenamento em nuvem em sofrer o efeito de um elástico.

Em outras palavras, o sistema possui uma estrutura dinâmica e automática que possibilita a companhia aumentar ou diminuir o processamento de dados e arquivos de acordo com o seu fluxo de trabalho.

Esse recurso é muito utilizado, por exemplo, em sites de e-commerce quando há campanhas para aumento de vendas – assim que o número de visitantes na plataforma aumenta, a elasticidade do servidor em nuvem faz com que tudo continue funcionando normalmente.

3. Atualizações de hardware

O terceiro motivo para quem deseja melhorar a escalabilidade dos dados ao adotar o cloud server é o fato do serviço livrar a empresa de realizar atualizações do data center.
Um servidor local tem uma vida útil que varia de 3 a 5 anos, sendo necessárias trocas periódicas que envolve custos extras, horas de trabalho, testes/homologações e novas configurações. No caso do serviço em nuvem, essa responsabilidade é exclusivamente do fornecedor, isentando o cliente destas atividades.

4. Resultados estratégicos

A partir dos dados e configurações armazenados em um servidor em nuvem a empresa tem acesso a, por exemplo, um perfil mais detalhado do cliente que ela atende, o número de visitantes do seu site, a quantidade de vendas, entre outras informações.

Assim, os resultados gerados são mais assertivos e isso favorece a implantação de projetos inovadores e tecnológicos para aprimorar ainda mais as atividades da empresa.

5. Ganhos qualitativos

Ao padronizar os processos e mapear as atividades da sua empresa na nuvem, você diminui as chances de erros e consegue identificar e prevenir obstáculos operacionais, que ao longo do tempo poderiam prejudicar a qualidade do seu trabalho e impedir o crescimento da organização.

Ainda, com a escalabilidade de banco de dados esse método pode ser aplicado de maneira contínua, automaticamente, aumentando assim as oportunidades da companhia em melhorar suas vendas, expandir a qualidade dos seus serviços e gerar novos negócios.

6. Maximização de recursos

Considerando que, hoje em dia, temas como sustentabilidade, recursos naturais e consumo consciente são cada vez mais obrigatórios dentro das organizações, a escalabilidade em nuvem tem como vantagem ser uma ferramenta benéfica ao meio ambiente.

Em um sistema virtual o consumo de energia é bem menor e, devido ao armazenamento ser totalmente online, não há a necessidade de investir na compra de equipamentos físicos.

Além disso, como o serviço sofre o efeito elástico quando é preciso aumentar a capacidade de armazenamento de dados, você não precisa adquirir novas peças de substituição.

7. Segurança

Um dos principais benefícios do cloud server é a segurança que ele traz para os arquivos hospedados na nuvem. Assim, mesmo que ocorra algum problema ou incidente na conexão utilizada, as aplicações serão recuperadas em sua forma original.

Isso previne a perda de dados importantes, informações sigilosas ou processos que interferem no faturamento da organização.

8. Mobilidade

Sobre a mobilidade, dois pontos podem ser abordados: a facilidade de acesso aos dados por toda equipe virtualmente e o trabalho colaborativo que essa configuração permite.

Quando os arquivos são mantidos em nuvem os colaboradores da sua empresa podem acessá-lo através de qualquer dispositivo, independente do lugar que eles estiverem. Isso exclui a necessidade de equipamentos específicos e torna a comunicação ilimitada.

Também, com o cloud computing você consegue agilizar os processos dentro da organização, já que o contato com todos os integrantes acontecerá com maior facilidade.

Como foi dito no artigo, a escalabilidade de dados em nuvem traz vantagens únicas para a sua empresa e você pode utilizar o serviço de diversas formas para aprimorar seu fluxo de trabalho e conquistar novos negócios.

Quer saber como implantá-lo? Conheça 8 dicas para migrar o servidor para nuvem com eficiência.